Você está em: Início > Notícias > Semifinal - Cav busca empate fora de casa e leva a decisão para a Arena Plínio Marin

Semifinal - Cav busca empate fora de casa e leva a decisão para a Arena Plínio Marin

A Alvinegra saiu atrás do placar mas teve forças para buscar o empate em 1 a 1 diante o Atibaia

publicado em: 12/11/18

Notícias CAV

Jogando em Americana, o Votuporanguense empatou com o Atibaia na primeira partida da semifinal da Copa Paulista. No estádio Décio Vitta, o Cav igualou o placar em 1 a 1 neste sábado, 10, e a decisão ficou para o próximo domingo (18), às 11 horas, na Arena Plínio Marin. Uma vitória garante a Pantera na final da competição e da uma vaga no Brasileirão da Série D ou Copa do Brasil, o empate leva a decisão para os pênaltis.

Autor do gol de empate do Cav, Bruno Baio analisou a partida. “Nosso time entrou um pouco desligado, mas conversou no intervalo e conseguimos o empate. Temos a semana para descansar e trabalhar, e se a gente jogar concentrado, simples, sai com a vitória”, comentou Baio.

O jogo

A partida começou bem estudada e com poucas emoções. Aos 13 minutos, um susto para o torcedor Alvinegro. Nando cruzou fechado da direita e após defesa parcial de Paulo Roberto, Danilo Pereira dominou, abriu espaço e buscou o canto esquerdo de Paulo, que em leve toque na bola, evitou o gol. Tavares chegou a marcar no rebote, mas estava em posição de impedimento.

João Marcos também fez o goleiro Ariel trabalhar, mas sem muito risco. Léo Aquino, de falta, também levou perigo ao adversário.

Porém, aos 31 minutos, Danilo Pereira chutou forte da entrada da área, a bola quicou na frente de Paulo Roberto e no rebote, Gustavo Henrique fez o gol do Atibaia, 1 a 0.

Aos 35 minutos, Paulo Roberto saiu do limite da grande área para disputar a bola  de cabeça com Gustavo Henrique. No choque de cabeças, o goleiro do alvinegro levou a pior após tirar a bola e teve de ser substituído por Bruno Pianissola. Gustavo teve apenas um corte superficial e voltou para o jogo, que ficou cinco minutos parado. Paulo Roberto teve de ser levado ao hospital de Americana para exames, já que fora o corte na região do supercílio, também teve sua capacidade motora afetada pelo choque.

Com 40 minutos de atraso, já que a única ambulância presente teve de deixar o Décio Vitta para levar o atleta Paulo Roberto ao hospital, o jogo recomeçou na segunda etapa. Aos 6 minutos, a Votuporanguense chegou com perigo ao ataque. Na falta de Matheus Destro, Ariel tirou com os pés e Sávio carimbou o travessão do Atibaia. Depois, foi assinalado o impedimento. 

Quatro minutos depois, a Alvinegra chegou mais uma vez ao ataque. De fora da área, Ricardinho chutou e a bola passou raspando a trave. 

Aos 12 minutos, o volante Emerson Guioto, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. 

O empate do Cav veio aos 20 minutos. Renan, que havia acabado de entrar, derrubou Matheus Destro na área, pênalti, que Bruno Baio mandou rasteiro e forte no canto direito de Ariel, 1 a 1. Foi o nono gol do artilheiro da Pantera na Copinha.

E foi só pressão da Alvinegra após o gol. Léo Santos tentou o gol da entrada da área. Depois, travado, mandou à esquerda do gol. Mas a virada não veio. 

No final da partida, o técnico Rafael Guanaes falou da importancia do torcedor para o segundo confronto.

“É fundamental termos nosso torcedor como o 12º jogador durante os 90 minutos. É importante a gente sentir isso, estamos a um jogo de uma competição nacional e fazer história. Quem saí vencedor são todos nesse processo. Conseguimos nos unir e vamos dar nossa vida para colocar a equipe na final”, disse o treinador.

Anota na agenda

O Votuporanguense decide em casa contra o Atibaia no próximo domingo, às 11h, na Arena Plínio Marin, pela partida de volta da semifinal da Copa Paulista.

Foto: Rafael Nascimento/CAV

PATROCINADORES
Copyright 2018 © GD Virtual